segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Comitiva de Umuarama busca apoio de Gleisi Hoffmann para novo traçado da Boiadeira



Vânio Pressinatte

No último final de semana, o prefeito Moacir Silva, o deputado federal Osmar Serraglio e o deputado estadual Fernando Scanavaca, foram até a cidade de Cascavel-Pr, para tratar com a senadora Gleisi Hoffmann sobre o projeto do novo tratado da Estrada Boiadeira. A comitiva de Umuarama apresentou à senadora um traçado econômica e ecologicamente correto, visando economia no custo da obra, benefícios para a cidade de Umuarama e ainda e especialmente, desviando da Área de Preservação Ambiental (APA), futura captação de água potável para a população umuaramense. Essa proposta, é a única entre as três existentes que não passa pela APA e nem dentro da cidade.

De acordo com estudos técnicos, o traçado original apresentado pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), no trecho entre Cruzeiro do Oeste e Porto Camargo, na divisa do Mato Grosso do Sul, se projeta em mais de 15 km na área de manancial, cortando os cursos naturais de água em pelo menos 10 pontos, além do que, conforme análise ambiental dos traçados propostos, o traçado proposto pelo DNIT corta diversas áreas de preservação permanente no percurso dentro do limite da bacia do manancial de abastecimento.

Os representantes de Umuarama ouviram da senadora que irá se aprofundar no assunto e tratará do tema com os técnicos do DNIT. “É sem dúvidas um assunto que merece toda a minha atenção. Eu não tinha conhecimento de tantos detalhes e preciso me aprofundar ainda mais para ver exatamente o que posso fazer para que Umuarama não seja prejudicada com o traçado”, destacou a senadora.

Osmar Serraglio assegurou que dependendo da decisão política que for tomada poderá acarretar prejuízos irrecuperáveis, tanto para a economia local e regional quanto para o meio ambiente. “Muitos desses prejuízos, demoram décadas para serem recuperados e outros jamais o serão”. Ele destacou ainda que eles foram eleitos para defender os interesses da cidade. “Se nós que fomos eleitos para isso não o fizermos, quem o fará?”, questionou o deputado.

Segundo o prefeito Moacir Silva, esta é uma luta de toda a classe política, das entidades, sindicatos, enfim, de todos que se preocupam com o futuro de Umuarama. “Nós não podemos deixar Umuarama à margem do desenvolvimento novamente. Temos que fazer alguma coisa e tem que ser feito agora”, afirmou. Para o deputado estadual Fernando Scanavaca, é uma questão de extrema importância para Umuarama. “Estamos falando do desenvolvimento econômico e estamos falando de vida. Cuidar da água é cuidar da vida”, disse Scanavaca.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Nossas boas vindas ao novo Bispo de Umuarama


Tive o imenso prazer em participar da Missa Solene de posse do terceiro Bispo Diocesano de Umuarama, D. Joao Mamede Filho, ocorrida no dia 12 de fevereiro, acompanhado do prefeito Moacir Silva e do deputado estadual Fernando Scanavaca.

A solenidade foi presidida pelo Núncio Apostólico do Brasil Brasil, dom Lorenzo Baldisseri; o arcebispo de São Paulo (SP), o cardeal dom Odilo Pedro Scherer; o arcebispo emérito de São Paulo, dom Cláudio Hummes; o arcebispo de Maringá (PR), dom Anuar Batistti, o bispo emérito de Umuarama D. José Maria Maimone e o último bispo de Umuarama, antecessor de dom João Mamede Filho, dom Vicente Costa, além de mais de vinte bispos do Estado de São Paulo e Paraná.

É um grande prazer receber o nosso novo pastor. Pelas suas referências e história na Igreja, com certeza muito contribuirá para o crescimento espiritual da nossa diocese. Seja bem-vindo Dom Joao Mamede Filho.

Parlamentares defendem produtores de feijão junto ao Ministro


O deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR), participou com a Bancada Federal do Paraná, nesta quarta-feira (23), na Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), em Brasília, de audiência pública com o ministro da Agricultura, Wagner Rossi para discutir a questão do feijão, do trigo e do novo Código Florestal. O Paraná é o maior produtor de feijão, sendo responsável por praticamente 30% do produto, no Brasil, e não satisfeitos com os preços praticados, os produtores do Estado buscam a garantia de que o governo vai comprar o produto.

Os parlamentares cobraram também do ministro a situação do trigo, uma vez que o Brasil importa metade do trigo que consome e os produtores estão desestimulados a plantar e querem que a Conab possa atuar na valorização do trigo nacional. “Precisamos criar mecanismos para incentivar nossos produtores e de forma que não onere a produção e consequentemente o preço do produto na mesa do consumidor”, destacou o deputado.

Segundo Serraglio, a bancada saiu satisfeita com o encontro, uma vez que o ministro sinalizou com aumento de recursos para aquisição de feijão e trigo nacionais e o governo vai tomar medidas em relação às importações do trigo da China, que prejudicam os nossos produtores. Também foi discutido com o Ministro Rossi a aprovação do Código Florestal, que deve ser votado na Câmara no mês de março. A bancada do Paraná vai se reunir no inicio de março com os sindicatos patronais e trabalhadores rurais para debater o Código Florestal.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Trecho Guaíra-Cianorte incluído definitivamente no projeto ferroviário


Vânio Pressinatte

O grupo paranaense que foi instituído pelo ministro dos Transportes para estudar a ampliação do ramal ferroviário interligando os estados do Paraná e Mato Grosso do Sul, se reuniu na segunda-feira (21), na Secretária de Estado do Planejamento e Coordenação Geral, para as primeiras iniciativas no sentido de elaborar o termo de referência para o projeto, já autorizado pelos governadores, e que deverá ficar pronto em 30 dias.

No encontro, o deputado federal Osmar Serraglio, representante dos parlamentares paranaenses, ratificou o pedido de inclusão do trecho Guaíra-Cianorte ao projeto. O secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, apoiou a iniciativa de Serraglio e mandou incluir imediata e definitivamente o trecho no documento. “Esse trecho é importante para a integração e não pode ficar de fora”, afirmou Richa.

Serraglio ressaltou a importância do novo trecho como complementação do projeto e disse que é fundamental para ligação do ramal PR-MS a Maringá e Londrina. “É seguramente uma grande força para o desenvolvimento da região e de todo o Estado”, afirmou o parlamentar ao expressar sua gratidão a Richa Filho.

“Neste nosso primeiro encontro, depois de Brasília, dia 16, começamos a definir estratégias de apresentação do traçado ferroviário que será apresentado a equipe do governo do Mato Grosso do Sul”, informou o secretário de Estado do Planejamento e Coordenação Geral, Cassio Taniguchi. Participaram ainda da reunião, o diretor-presidente da Ferroeste, Maurício Querino Theodoro; o diretor do IAP/DIRAN, Paulo Barros e o deputado federal Eduardo Sciarra (DEM).

Outros integrantes do grupo de estudos são o secretário de Planejamento do Governo do Mato Grosso do Sul, Carlos Menezes; os diretores-gerais do Dnit, Luís Antônio Pagot; da ANTT, Bernardo Figueiredo; e o presidente da Valec, José Francisco das Neves. Uma das decisões já tomadas pelo grupo, na primeira reunião geral, em Brasília, foi que os estudos de viabilidade para a execução da obra serão contratados pela estatal Valec.

Segundo o presidente da Ferroeste, Maurício Querino Theodoro, a previsão para a entrega do estudo encomendado pelo ministro é abril. Em relação à dotação de recursos para o projeto da ferrovia, segundo ele, "já existe perspectiva para investimentos em 2012", uma vez que parte da expansão já está contemplada no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Projeto piloto FAEP/Senar forma 30 jovens em Ivaté



Um projeto piloto denominado Jovem Aprendiz Mecânico da Federação da Agricultura do Paraná,(FAEP) desenvolvido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em parceria com o Sindicato Rural de Ivaté e Usina Santa Terezinha, formou entregou na manhã de sábado (19), trinta certificados para jovens de 16 a 18 anos de idade na cidade de Ivaté. Dos trinta formandos, no curso técnico que durou 10 meses, treze com dezoito anos completos já foram contratados pela usina e darão assistência a 450 máquinas da empresa.

De acordo com o deputado Osmar Serraglio, é uma iniciativa de grande importância para a profissionalização dos jovens e também para garantir o primeiro emprego. “Queremos parabenizar a direção da FAEP, Senar, Sindicato Rural e a Usina pela brilhante iniciativa. Isso enriquece nossa sociedade dando oportunidade à juventude de dedicar esta fase da sua vida com algo que pode garantir o seu futuro”, disse o deputado.

Segundo o presidente da FAEP, Ágide Menegheti, o projeto deu certo superando as expectativas e deverá ser estendido para outras parcerias no Paraná. Já para o presidente do Sindicato Rural de Ivaté e diretor do Grupo Usaçucar, Julio Cezar Menegheti, há também a necessidade de revisão das leis quanto à idade para o ingresso dos jovens no mercado de trabalho. “Nós contratamos uma parte dos jovens formados e só não contratamos mais em razão da idade. Se fosse permitido, com certeza absorveríamos mais deles para nosso quadro funcional”, afirmou.

O prefeito Sidnei Delai falou da importância do projeto para a profissionalização dos jovens e seu primeiro emprego. O deputado estadual Fernando Scanavaca também fez uso da palavra e enalteceu a iniciativa do programa. Estiveram ainda presentes ao evento, Francisco Menegheti, diretor da Usina Santa Terezinha de Ivaté e Tapejara, Juarez Xavier Correa, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ivaté, diretores e professores de escolas municipais e estaduais, familiares dos formandos, parceiros no projeto, entre outros.

CPI da Dívida Pública tira dúvidas com Serraglio


Na sexta-feira (18), o Relator da CPI dos Correios (Mensalão), deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR) esteve em Apucarana a convite do vereador Marcos Martins (PTC), relator da CPI da Dívida Pública, para fazer alguns esclarecimentos sobre procedimentos a serem adotados na CPI da Câmara que investiga a Administração Municipal. “Se puder contribuir com os trabalhos desta e de outras CPIs, estarei sempre à disposição”, afirmou o deputado, durante entrevista coletiva. Para ele, a CPI “tem a força de um juiz” e deve ser vista como “o maior instrumento de investigação que o povo tem, porque o Legislativo é a Casa do Povo”.

Serraglio disse que foi a Apucarana a convite da Câmara e com o objetivo de ajudar nos trabalhos da CPI que investiga dívidas do município. “É de fato importante saber qual o valor da dívida, como ela foi feita e, se houve irregularidades, saber quem foi o culpado. Neste ponto, a Câmara está fazendo valer a Lei de Responsabilidade Fiscal. Qual é a regra de ouro dessa lei? O administrador público só pode gastar o que tem e de respeitando as normas legais”, afirmou Serraglio.

Dentre as orientações aos questionamentos dos vereadores, Serraglio disse que em caso de desacato a integrantes da CPI, os vereadores podem inclusive dar voz de prisão e pedir que o depoente seja encaminhado à Delegacia. Ele destacou que o mesmo pode ocorrer se houver flagrante na contradição nos depoimentos, demonstrando que o depoente está mentindo, no entanto, segundo o deputado, tudo isso deve ser esclarecido aos depoentes e seus advogados antes do início das sessões. Ele sugeriu também que tudo que implique em despesas deve ser englobado em uma mesma CPI, ao responder sobre novas denúncias durante o processo.

“Pela minha experiência, a CPI, a gente sabe como começa, mas não sabe ao certo como termina”, afirmou Serraglio, se referindo ao relatório da CPI dos Correios teve efeitos práticos surpreendentes. Foi a partir do relatório dessa comissão que o procurador-geral da República, Antonio Fernando Souza, apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) denúncia contra 40 pessoas envolvidas no chamado esquema do Mensalão - entre os denunciados estão José Genoino, Delúbio Soares, Luiz Gushiken, Marcos Valério, Duda Mendonça, Jos[e Dirceu e outros, acusados pelos crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, evasão ilegal de divisas, corrupção ativa e passiva e peculato.

Os vereadores consideraram a reunião muito produtiva. “Ele veio enriquecer não só os trabalhos da CPI, mas da Câmara como um todo”, disse o presidente da Câmara, Alcides Ramos (DEM). “Certamente, nossos trabalhos vão fluir ainda melhor a partir de agora”, acrescentou Júnior da Femac (PDT), presidente da CPI da Dívida Pública.

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Comissao de Umuarama vai ao DNIT defender traçado da Boiadeira


Vânio Pressinatte

Uma comissão de Umuarama formada pelo deputado Federal Osmar Serraglio, prefeito Moacir Silva, deputados estaduais Fernando Scanavaca e Nelson Garcia e representantes da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama (ACIU), Sindicato do Comércio, Sindicato dos Empregados no Comércio, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicato Rural, Sociedade Rural e UEM, vai à Curitiba nos próximos dias para discutir com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), órgão do Ministério do Transporte, uma opção que seja mais adequada para o traçado da Estrada Boiadeira (BR 487) no trecho compreendido entre Cruzeiro do Oeste e Icaraíma (Porto Camargo).

A decisão foi tomada durante uma reunião organizada por Osmar Serraglio na manhã desta sexta-feira (18), na sede da ACIU para discutir com representantes de diversas instituições da cidade um traçado que seja econômica e ecologicamente mais viáveis, oferecendo custos menores e evitando o comprometimento do abastecimento de água da cidade nos próximos anos, uma vez que o traçado original, elaborado há meio século, corta a Área de Preservação Ambiental e prejudicaria a captação de água para Umuarama.

De acordo com Serraglio, a mudança do traçado no trecho mencionado em nada implicará nos demais trechos entre Cruzeiro do Oeste e Campo Mourão. No total a Boiadeira é dividida em 5 lotes, ou seja, 3 lotes entre Campo Mourão e Cruzeiro do Oeste, dos quais, 1 está concluído e outros dois em andamento. Os lotes entre Cruzeiro do Oeste em Icaraíma estão em fase de conclusão de projetos. “Os trechos já licitados e que estão em andamento continuarão da forma que está. O que queremos é sermos ouvidos nesta fase de projetos. Umuarama não quer ser alijada da Estrada Boiadeira”, disse o deputado.

A alternativa defendida por Osmar Serraglio e Moacir Silva tem a opção do Contorno Norte de Umuarama, que passaria entre a Área de Preservação Ambiental e a cidade de Umuarama, tirando inclusive o tráfego de caminhões do Bairro Alto São Francisco. A proposta, que foi apresentada pelo professor e engenheiro civil Olindo Savi, contou também com o apoio dos demais presentes.

Participaram ainda do encontro Arecidio Cassiano Junior representando o deputado estadual Nelson Garcia, e representantes das seguintes instituições e entidades: Conselho de Pastores, Exata Consultoria, Lojas Maçônicas, Lions Club, Diocese de Umuarama e TV Amizade

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Serraglio é indicado para acompanhar projeto da ferrovia PR/MS


Vânio Pressinatte

Durante reunião entre os governadores Beto Richa (Paraná) e André Puccinelli (Mato Grosso do Sul) com os ministros dos Transportes, Alfredo Nascimento e, das Comunicações, Paulo Bernardo, em Brasília, na quarta-feira (16), para tratar do ramal ferroviário interligando as malhas ferroviárias dos dois estados, o deputado federal Osmar Serraglio (PMDB) foi indicado como o parlamentar paranaense para o acompanhamento do projeto na esfera federal. Pelo Mato Grosso do Sul, foi escolhido o deputado Giroto (PR).

Serraglio que já havia participado da primeira reunião entre os governadores no último dia 07, em Curitiba, para viabilizar a construção do ramal ferroviário interligando a Ferrovia do Pantanal, na região de Maracaju e Dourados, no Mato Grosso do Sul, até Cascavel, no Paraná, passando por Mundo Novo e Guaíra, defende um projeto ainda mais audacioso, a ligação Guaíra - Maringá. “Já temos a linha até Cianorte e precisamos viabilizar Cianorte a Guaíra. Será um pontapé no desenvolvimento de toda a nossa região e dos dois Estados”, afirma o deputado.

Na reunião ficou decidido que os estudos de viabilidade para a execução da obra serão contratados pela estatal Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A. O primeiro passo para isso é a elaboração do termo de referência, já autorizada pelos dois governadores, e que deverá ficar pronto em 30 dias. A intenção é lançar o edital de licitação do projeto ainda no primeiro semestre deste ano.

Também participaram da reunião o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo; o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Luiz Antonio Pagot; o presidente da Valec, José Francisco das Neves; os secretários paranaenses da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, e do Planejamento, Cássio Taniguchi; o presidente da Ferroeste, Maurício Querino Theodoro, e de representantes das bancadas federais dos dois estados.

Pelos executivos dos dois estados o andamento do projeto será acompanhado pelos secretários José Richa Filho e Cássio Taniguchi (Paraná) e pelo secretário de Planejamento, Carlos Alberto de Menezes (Mato Grosso do Sul). Juntamente com o grupo de trabalho, Serraglio participará na próxima segunda-feira (21), de reunião no Palácio das Araucárias, em Curitiba, para dar continuidade ao assunto.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Serraglio entrega veículo e fala de corrupção


O prefeito de Cafezal do Sul, Marco Bogás, preparou uma calorosa recepção na tarde da última sexta-feira (11) para o deputado federal Osmar Serraglio. Ele esteve na cidade para entregar um micro-ônibus escolar zero quilômetro, adquirido com recursos federais através de emenda do deputado. O vice-prefeito Mário Rodrigues da Silva, o Marinho, vereadores, secretários municipais e outras lideranças locais prestigiaram o ato, que também contou com a presença do chefe 12ª Regional de Saúde de Umuarama, Arecídio Cassiano Junior, representando o deputado estadual Nelson Garcia, que é outro importante parceiro do município de Cafezal do Sul.

O veículo entregue pelo deputado vem reforçar a frota do transporte de estudantes de Cafezal do Sul, setor em que a administração municipal tem investido muito nos últimos anos. “Diferente do que era no passado, hoje o município conta com vários veículos novos e os demais reformados, para garantir um transporte escolar rápido e seguro para as nossas crianças. Mas isto só acontece graças ao apoio que estamos buscando, com sucesso, junto aos parceiros como o Dr. Osmar”, afirmou o prefeito. O vice-prefeito Marinho e Arecídio Cassiano também destacaram a importância do apoio tanto de Serraglio quanto de Nelson Garcia ao município.

MOTIVAÇÃO
Antes de entregar as chaves do micro-ônibus, Serraglio declarou, em poucas palavras, que se sentia emocionado diante de tanta alegria de uma população ao receber um veículo para o transporte escolar. “Vemos tanto dinheiro público desperdiçado neste país e outra quantidade enorme que é desviada através de ações fraudulentas por parte de muitos agentes políticos, enquanto a população se alegra com tão pouco. Isso me motiva a continuar trabalhando pelo combate à corrupção e pelo atendimento das muitas demandas dos municípios que represento em Brasília”, assegurou o parlamentar.

O micro-ônibus entregue em Cafezal do Sul possui 27 lugares, todos com cintos de segurança, e é equipado com cadeira de rodas para atendimento à crianças portadoras de necessidades especiais. “É um grande presente para as famílias, especialmente os estudantes, de Cafezal do sul”, classificou Marco Bogás. O prefeito também aproveitou a oportunidade para entregar ao deputado um documento contendo diversas outras reivindicações da comunidade, tais como obras de infraestrutura urbana (asfalto, galerias, recapeamento e outras), investimentos em saúde, educação, assistência social e muitas outras. Serraglio prometeu analisar cuidadosamente cada uma delas e trabalhar para conseguir o que for possível

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Secretaria de cultura e vice-prefeita de Rolândia visitam Serraglio


O deputado Osmar Serraglio recebeu em seu gabinete na quarta-feira (09) as ilustres presenças da vice-prefeita de Rolândia,Sabine Giesen e da secretária de cultura, Maria Luiza Müller. Durante o encontro conversaram sobre vários assuntos de interesse do município e diversos projetos em benefício daquela comunidade.

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Serraglio acompanha técnicos agrícolas ao Ministério da Agricultura


No dia seguinte a sua participação no 26º Encontro Nacional dos Técnicos Agrícolas, realizado na terça-feira (08), em Brasília, onde foi homenageado, o deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR), acompanhou os representantes do segmento em audiência no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), onde, com representantes dos técnicos de 18 estados da federação defendeu diversos projetos em defesa da categoria.

Entre outras autoridades, participaram da audiência, o chefe de gabinete do MAPA, Milton Elias Ortolon, o secretário de defesa agropecuária, Francisco Sérgio Ferreira Jardim e, o consultor jurídico do Ministério, José Silvino da Silva. Os principais assuntos foram referentes à defesa da categoria junto ao mercado de trabalho.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Técnicos Agrícolas do Paraná e vice-presidente da Associação Nacional dos Técnicos Agrícolas, Gilmar Zach Clavisso, eles pedem apenas o cumprimento da lei para que não seja privilegiada uma categoria em detrimento de outra. “Nós queremos garantir o trabalho desses profissionais que podem ser prejudicados por medidas que muitas vezes desrespeitam as normas aprovadas pelo Congresso Nacional”, disse o sindicalista, se referindo a normas internas do Ministério.

Durante o encontro realizado no dia anterior, com parlamentares de vários estados e os técnicos agrícolas, foram debatidas ações legislativas a serem realizadas no Congresso Nacional em defesa do setor. Para o deputado Osmar Serraglio, as reivindicações da classe são justas. “O trabalho dos técnicos agrícolas tem sido muito importante para o desenvolvimento agropecuário do País e especialmente para o Estado do Paraná. Nós somos solidários e faremos o nosso papel de representante do setor”, afirmou o parlamentar.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Sidnei Delai e Dr. Osmar discutem projetos para Ivaté


Na terça-feira (08), o deputado federal Osmar Serraglio, recebeu em seu gabinete na Câmara dos Deputados o prefeito de Ivaté, Sidnei Delai, com quem tratou de diversos projetos de interesse do Município. Delai solicitou ao deputado o apoio no trâmite de alguns processos em fase de liberação de recursos e outros que estão iniciando junto a diversos ministérios e órgãos do Governo Federal.

De acordo com o deputado, os pedidos do prefeito são justos e merecem sua atenção. “Nós temos trabalhado em parceria com o Município e neste novo período continuaremos dedicando grande parte do nosso tempo em defesa dos seus interesses, como tem sido até o momento”, disse o deputado, lamentando o corte nas emendas individuais feito pelo Governo Federal no final de 2010. “Isto prejudicou muito o trabalho dos deputados para os municípios”.

Segundo o prefeito, o trabalho em conjunto - município e deputado - tem resultado em grandes benefícios para a população. Uma das mais recentes parcerias foi a obra de galerias de águas pluviais com o objetivo de contenção de uma erosão que vinha causando grandes prejuízos ao município. Os investimentos totalizaram R$ 800 mil do Ministério da Integração Nacional – Secretaria Nacional de Defesa Civil. “Temos outras obras em andamento e estamos aguardando novos recursos”, disse o prefeito.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Osmar Serraglio discuti integraçao ferroviária com Richa e Puccinelli


O deputado federal Osmar Serraglio, participou na segunda-feira (07), com o governador do Paraná, Beto Richa, e o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, de um encontro no Palácio das Araucárias para unir esforços em torno de um projeto de integração ferroviária entre os dois estados. O objetivo é viabilizar a construção de um ramal ferroviário interligando a Ferrovia do Pantanal, na região de Maracaju e Dourados, no Mato Grosso do Sul, até Cascavel, no Paraná, passando por Mundo Novo e Guaíra.

Osmar Serraglio convidado para a reunião se colocou a disposição do governador Beto Richa para defender o projeto junto ao Governo Federal. “Nós temos que unir esforços em benefício dos dois Estados. A integração será importante para o Paraná e especialmente para a região”, disse o deputado, defendendo a inclusão da ligação Guaíra-Cianorte-Maringá-Ourinhos.

“É uma obra fundamental. Além de baratear o custo de escoamento da safra agrícola do centro-oeste e norte do Brasil, vai proporcionar o desenvolvimento econômico e social de toda a região e fortalecer o Porto de Paranaguá”, destacou Beto Richa.

O traçado da ferrovia foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-1), do governo federal, em 2008, mas o projeto não progrediu. “Volto agora com a receptividade do governador Beto Richa, para que os interesses comuns dos nossos estados possam ser atendidos”, disse o governador André Puccinelli. “Queremos os dois estados unidos pela continuação do traçado da ferrovia Norte-Sul”, afirmou. A intenção é incluir a obra – que tem custo estimado de R$ 1,6 bilhão – no PAC-2.

PARTICIPANTES - A reunião aconteceu no Palácio das Araucárias e além dos
governadores e do deputado Osmar Serraglio, teve ainda as presenças do secretário estadual (MS) Carlos Alberto Menezes (Meio Ambiente, Planejamento, Ciência e Tecnologia); dos deputados federais daquele estado Edson Giroto e Reinaldo Azambuja; dos secretários do governo paranaense José Richa Filho (Transportes e Obras Públicas), Cássio Taniguchi (Planejamento e Coordenação-geral), Luiz Carlos Jorge Hauly (Fazenda), José Durval Mattos do Amaral (Casa Civil); do deputado federal Eduardo Sciarra; do presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Valdir Rossoni, e os deputado estaduais Maurício Quirino Theodoro e Plauto Miró.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Osmar Serraglio toma posse otimista com reformas


O deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR), tomou posse nesta terça-feira (01) otimista com os trabalhos para o seu quarto mandato. De acordo com o parlamentar durante entrevistas à TV Câmara (DF), TV Amizade (Umuarama-PR) e outros veículos, os principais assuntos que devem ser tratados neste mandato são as Reformas Política e Tributária. “O país precisa de uma reforma política que condiga com a sua realidade. Não podemos mais conviver com coligações que são montadas apenas para a eleição e desfeitas no dia seguinte sem nenhum comprometimento, e também com campanhas milionárias”.

Quanto à Reforma Tributária Serraglio acredita que todo o Congresso e o Governo, estão dispostos a rever e reduzir a carga tributária. “Precisamos rever esse sistema que assola os empreendedores impedindo que os mesmos invistam em seus negócios e gerem mais postos de trabalho. Temos uma das maiores cargas de impostos do mundo e passou da hora de mudarmos essa realidade”, afirma.

Serraglio destaca que continua trabalhando da mesma forma com que conduziu seus mandatos anteriores, agindo com imparcialidade e dentro da legalidade, combatendo a corrupção e em defesa do desenvolvimento econômico e social. “Vamos defender a regulamentação da Emenda 29 com mais recursos para a saúde e continuaremos lutando por uma educação de qualidade para nossa juventude”.

Valorização do papel do deputado
Outra meta do deputado é a valorização do papel do deputado e do Poder Legislativo. “É preciso que a sociedade o que fazemos e como fazemos para que possamos ser reconhecidos papel que desempenhamos.” Ele ressalta que não é possível que todos os deputados continuem sendo vistos da mesma forma com desconfiança por parte da população. “Precisamos reestruturar a exteriorização do nosso trabalho”, afirma.

Osmar Serraglio foi relator da CPMI dos Correios em 2006, 1º secretário da Câmara dos Deputados em 2007 e 2008 e atuou ainda como titular do Conselho de Ética e da Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania, entre outras. Durante todo o dia da sua posse, Serraglio estava acompanhado da esposa Tânia e da filha Ana Beatriz. Dentre as lideranças do Paraná (deputados, prefeitos, vereadores) que fizeram questão de cumprimentá-lo estavam a senadora Gleisi Hoffmann e o prefeito Moacir Silva, de Umuarama.