terça-feira, 28 de junho de 2011

Sustentabilidade foi o tema principal do desfile dos 56 anos de Umuarama


Um dos destaques do calendário alusivo à comemoração dos 56 anos de Umuarama, foi realizado no último domingo (26) o tradicional desfile cívico-militar da cidade, na avenida Paraná. O prefeito Moacir Silva, o vice-líder do governo, deputado federal Osmar Serraglio, o deputado estadual Fernando Scanavaca e diversas outras autoridades prestigiaram o evento, ponto alto das festividades.

O mês de junho, marcado por uma extensa agenda de eventos e inaugurações, teve no desfile um amplo painel representativo acerca do tema ‘sustentabilidade’. Os 23 estabelecimentos da rede municipal de ensino, por exemplo, abordaram temas ligados à preservação ambiental. Além deles, mais de quarenta instituições, representando os mais diversos segmentos, desceram a Paraná. “O desfile trouxe diferenciais e foi um dos melhores dos últimos tempos, retratando a importância do desenvolvimento econômico da cidade em sintonia com a preservação ambiental”, avalia o prefeito Moacir Silva.

Dois mil alunos da rede municipal estiveram envolvidos. A parceria com o IFPR foi fundamental para o desenvolvimento dos conceitos centrais, tais como a temática sócio-ambiental, a importância da preservação e a necessidade de reduzir lixos não biodegradáveis, reciclagem e reutilização de produtos diversos. Professores do campus de Umuarama e a equipe da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Turismo acompanharam de perto a elaboração dos projetos das escolas.

Desfilaram pela Paraná o Tiro de Guerra, a 5ª Companhia Independente da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, 3º Pelotão da Policia Ambiental, Guarda Municipal, Escola de Trânsito, Banda Municipal, Miss Paraná, Biblioteca Itinerante, CMEI Madre Paulina, escolas municipais, fanfarras de Santa Eliza e Perobal, APAE, APADEVI, UNIPAR, Colégio SESI, ARAM-Assoc.Regional de Assist. ao Menor-Guarda Mirim, ADEFIU-Associação Deficientes Físicos de Umuarama, Programa PróJovem Adolescente, Escola de dança Kids Dance, Associação Futsal de Umuarama, Lions, APROMO, ACEU, Academia de judô Pró-Sport, Clube de Desbravadores Bandeirantes, Escola de TAEKWONDO, Frota Municipal, IAP, empresas de diversos segmentos, Automóvel Clube, Associação dos Trilheiros e Colégio Agrícola.

O prefeito Moacir Silva, o deputado federal Osmar Serraglio, vereadores e secretários municipais participaram do ato de entrega das residências para 27 famílias que ocupavam áreas de risco. Os beneficiados foram transferidos para unidades habitacionais localizadas no Parque Primeiro de Maio e Irani.
O ato ocorreu na última sexta-feira, dentro do cronograma de inaugurações do 56º aniversário do município. Seguindo as diretrizes do Plano Local de Habitação de Interesse Social (PLHIS), lançado no ano passado, as famílias passaram a residir em residências de alvenaria.

“Estamos estabelecendo um conjunto de objetivos, metas e instrumentos de ação e intervenção efetivo para o setor”, destacou o prefeito Moacir Silva. Já Serraglio disse que tem grande orgulho em ajudar a administração municipal a garantir condiçoes dignas de moradia para a populaçao.

A equipe de coordenação do PLHIS é composta pelos secretários municipais André Bespalez Correa (Gabinete) e Marcio Maia (Planejamento), além de Fabricia Alves Pregidio. Integram a equipe técnica Ivo Mendes Lima, Kátia Regina Del Valle Rodrigues e Gislaine Aparecida da Silva.

Na fase de diagnóstico do Plano de Habitação, os segmentos envolvidos foram devidamente capacitados. Para tanto, um cronograma de oficinas foi ministrado.
"Estamos atendendo famílias que residiam em áreas de risco, fundos de vale e áreas de preservação ambiental. As transferências consolidam o resgate da dignidade e asseguram uma melhor condição para todos", avaliou o secretário de Planejamento e Habitação, Marcio Maia.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

“Projeto da AFSU contribui para a formação dos alunos”


O vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Osmar Serraglio, participou juntamente com o prefeito Moacir Silva, a diretoria da AFSU (Associação de Futsal de Umuarama) e demais autoridades da solenidade de entrega de mais de 500 kits esportivos aos alunos das escolinhas de futsal de Umuarama. Para o deputado, o projeto da AFSU que atende aproximadamente de 600 crianças e adolescentes na faixa de 8 a 16 anos em diversos núcleos da “Escolinha de Futsal” é uma excelente contribuição para a formação dos alunos e, além disso, é uma oportunidade para o exercício da cidadania. “O projeto permite o convívio em sociedade que é muito importante para o desenvolvimento pessoal”, disse Serraglio – um dos grandes apoiadores do futsal.

Dr. Osmar participa de inauguraçoes nos 56 anos de Umuarama


O vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Osmar Serraglio, tem procurado prestigiar a maioria das atividades comemorativas dos 56 anos de Umuarama. Grande parte das obras que estão sendo inauguradas pelo prefeito Moacir Silva tem o apoio do deputado por meio de emendas parlamentar, garantindo recursos para sua realização. Na foto, Serraglio, juntamente o prefeito Moacir Silva, o deputado Fernando Scanavaca e o Bispo Diocesano Dom João Mamede Filho, na inauguração da unidade de saúde do Jardim Vitória Régia, na saída para Xambre. “É muito bom participar das comemorações dos 56 anos desta linda cidade e, melhor ainda é poder contribuir para melhorar a qualidade de vida da nossa gente”, disse Serraglio.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Osmar Serraglio comemora iniciativa do Governo Estadual


O Vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Osmar Serraglio comemorou a iniciativa do Governo do Estado em pedir ao Governo Federal a concessão do trecho de ferrovia entre Guaíra e Cianorte. Serraglio que é o único deputado federal paranaense integrante do grupo de estudos do projeto do ramal ferroviária ligando Maracajú (MS) a Cascavel (PR), indicado pelo Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, para a função, havia solicitado a inclusão do trecho Guaíra a Cianorte nos estudos, o que foi prontamente atendido pelo secretário de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho.

A primeira reunião para tratar do ramal ferroviário ocorreu em Fevereiro com as presenças do deputado Osmar Serraglio, dos governadores Beto Richa (PR) e André Puccinelli (MS), dos ministros Alfredo Nascimento (Transportes) e Paulo Bernardo (Comunicações). Também participaram da reunião o diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Bernardo Figueiredo; o diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Luiz Antonio Pagot; o presidente da Valec, José Francisco das Neves; os secretários paranaenses da Infraestrutura e Logística, José Richa Filho, e do Planejamento, Cássio Taniguchi; o presidente da Ferroeste, Maurício Querino Theodoro.

Naquele encontro ficou decidido que os estudos de viabilidade para a execução da obra serão contratados pela estatal Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A. “É uma importante obra para o Mato Grosso do Sul e para o Paraná, mas mais importante ainda para o Brasil, uma vez que viabiliza um transporte mais barato. O Governo Federal já manifestou seu apoio e como vice-líder desse Governo não medirei esforços para que ela se concretize”, disse Osmar Serraglio.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Produtores de maçã buscam apoio para o setor


Representantes da Associação Brasileira de Produtores de Maçã – ABPM, Frutipar e outros entidades que congregam o setor, acompanhados do vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR) e parlamentares do Estado de Santa Catarina, estiveram recentemente em audiência com o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA, Wagner Rossi, em busca de apoio para a cultura.

Segundo o vice-presidente da Frutipar, Carlos Lovo, O setor da maçã está em crise, o mercado está cada vez mais abastecido e consequentemente competitivo, as dificuldades financeiras são cumulativas. “As empresas mais tradicionais tem dificuldade de se adequar a nova realidade, pois, viveram períodos fartos, as mais novas contam com pomares mais produtivos, clones melhores e estruturas mais limpas e nem assim conseguem se manter com lucratividade”, lembra Lovo.

Para Pierre Nicolas Pérès, presidente da ABPM, além de todo o quadro a cultura é de alto risco com frustrações de safras, quebras de qualidade por pragas e doenças. “Os fatores climáticos e a constante insegurança com chuvas de granizo que pode por tudo a perder em minutos, deixando enorme prejuízo, também se somam às nossas preocupações”, ressalta.

De acordo com o vice-líder Osmar Serraglio, o Ministro Wagner Rossi se mostrou sensibilizado com a situação dos agricultores e determinou um estudo minucioso do caso à secretaria especial da agricultura do Ministério. “As reivindicações são justas e temos a obrigação de dar o nosso apoio a um setor produtivo e que emprega um grande número de trabalhadores, principalmente nos três estados do Sul”, detacou o parlamentar.

Moisés Albuquerque, também diretor da ABPM disse que o apoio do deputado Osmar Serraglio é fundamental para as negociações do setor com o Governo. Entre as reivindicações estão: Reestruturação do Setor da Maçã; Linha para implantação de tela anti-granizo; Acompanhamento da situação de quitação dos restos a pagar às seguradores acerca da subvenção ao prêmio de seguro agrícola, e pleito para a renovação dos valores para a Safra 2011/12; Mecanismos para conter as importações do produto, especialmente a ameaça da entrada de maçã chinesa; atuações do MAPA em prol da qualidade da maçã brasileira; Programa de Erradicação da Cydia pomonella e sistema de mitigação de risco de pragas; e Registro de novas moléculas.

Vânio Pressinatte

quarta-feira, 15 de junho de 2011

BB lança Giro APL para investimento regional


O Banco do Brasil lançou ontem a linha de crédito que será direcionada ao Arranjo Produtivo Local (APL) de Umuarama e região. Intitulada Giro APL, a linha fornecerá o quanto for necessário e cabível às empresas para promover o desenvolvimento tecnológico, empresarial, cooperativista e, consequentemente, o enriquecimento da região. Autoridades garantiram em solenidade pela manhã de ontem que o lançamento é um marco para a economia do noroeste.

Segundo o gerente do Banco do Brasil, Sérgio Vercezi Filho, o reconhecimento do banco pelo APL de Umuarama e o lançamento da linha de crédito iniciam uma nova fase na região. “Agora quanto mais cidades e empresas agregarmos, melhor”.

Vercezi explicou no lançamento de ontem, que a partir de agora as empresas passarão a ter um relacionamento coletivo e não mais individualista, pensando apenas no seu lucro, mas na potencialidade regional que uma união de setor pode proporcionar. “Elas deixam de ser um aglomerado de empresas para se tornarem um APL, com visão mais ampla da cadeia produtiva”, explicou.

Hoje, o Banco do Brasil está vinculado a 191 APLs em todo o país, que atendem a 731 municípios, com 20.014 negócios relacionados. Tudo isso através de R$1,87 bilhões em crédito direcionado. Umuarama torna-se agora a 16ª APL do Paraná. No estado, o BB está atuando em 1.227 empreendimentos, com disponibilização de R$122 milhões, mais R$30 milhões em investimento, R$9 milhões para comércio externo e R$19 milhões de apoio ao agronegócio. “São R$180 milhões a empresas vinculadas a APLs no Paraná, mas para ceder o crédito, o grande desafio é criar a cultura de cooperativismo, da confiança”, disse.

Para o vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Osmar Serraglio, uma das questões que devem ser consideradas nessa nova “era econômica”, é a matéria prima. Na edição de ontem do Ilustrado, o presidente do Sindicato das Indústrias Moveleiras de Umuarama e Região (Simur), Wanderlei Xavier, comentou que toda a madeira utilizada na produção do município vem de fora. “A madeira tem um poder econômico altíssimo. Precisamos repensar o jeito de utilizar terras, com plantações de eucalipto feitas maneira inteligente e industrial, sem sufocar outras partes da agricultura ou agropecuária”. A não utilização ou má utilização de tantas terras na região é retrocesso para o desenvolvimento na visão do deputado.

O prefeito municipal, Moacir Silva, finalizou firmando o compromisso de melhorar a infraestrutura do parque industrial onde estão as empresas moveleiras. “Estamos providenciando a construção de galerias e o asfaltamento de todo o parque 3A”, disse. Para o deputado estadual, Fernando Scanavaca, os umuaramenses não têm ideia da importância desse setor para a economia. “Cidades circunvizinhas, distritos, seriam muito piores se Umuarama não tivesse uma indústria moveleira expressiva”, disse.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

Serraglio diz que Gleisi Hoffmann é preparada para a Casa Civil



Vânio Pressinatte

O vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR), disse em entrevistas ao Jornal da Globo, à BBC Brasil, e diversos outros veículos de comunicação, na terça-feira (07), que a escolha da senadora Gleisi Hoffmann pela presidenta Dilma Rousseff para o lugar deixado pelo ex-ministro Antonio Palocci na chefia da Casa Civil foi uma decisão acertada. “Já nesse momento, independentemente de ser ou não Chefe da Casa Civil, ela conhece todos os programas federais”, disse o parlamentar quando soube da indicação de Gleisi Hoffmann para o cargo, ressaltando que ela está preparada para a missão.

Serraglio destacou ainda que além de conhecer todos os programas do Governo Federal, a senadora Gleisi Hoffmann tem um “curriculum” invejável que atesta suas condições para o cargo. “Ela já foi secretária no Estado do Mato Grosso do Sul e da Prefeitura de Londrina, diretora da Itaipu Binacional com uma avaliação excelente da sua gestão, participou da equipe de transição no Governo Lula e agora a primeira senadora eleita no Paraná, além de ser a mais votada”, destacou.

Serraglio participou nesta quarta-feira (08) da solenidade de posse da nova ministra na Casa Civil, antes porem, participou da Sessão de despedida de Gleisi no Senado Federal. "É incrível como em tão pouco tempo a senadora ganhou respeito e admiração dos pares no Senado", disse o deputado.

sábado, 4 de junho de 2011

Debate na OAB aborda Ética na Advocacia


Vânio Pressinatte

Atendendo convite da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional do Paraná (OAB-PR), subseção de Umuarama, o vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Osmar Serraglio que é advogado, mestre em Direito Público pela PUC-SP, participou na noite de sexta-feira (03), de debate com advogados especializados sobre o tema “Crise Ética na Advocacia”, quando na oportunidade presidiu a mesa principal do encontro.

O evento é parte da Campanha de Valorização do Advogado Iniciante, promovida pela Comissão dos Advogados Iniciantes da subseção de Umuarama. Durante o debate, Serraglio abordou também a Ética na Política, uma de suas principais bandeiras desde seu primeiro mandato. Ele foi relator da CPI dos Correios que investigou o esquema do mensalão.

A mesa de debate foi composta, além de Serraglio, pela presidente da Comissão de Jovens Advogados Érica Peteno Kovalechen, pelo membro da comissão João Paulo Moreira e pelos conselheiros da OAB Gabriel Janero e Amadi Abdala. O evento foi prestigiado por advogados e acadêmicos de direito e teve inicio no dia 01 de Junho.

A boa relação de Osmar Serraglio com a Ordem dos Advogados é de longa data, já que o mesmo é conceituado profissional da área e também um dos grandes defensores da idéia encampada pela OAB do Paraná para a criação do TRF na Capital do Estado. O assunto já foi tema de audiência do parlamentar juntamente com o presidente da OAB-PR, José Lúcio Glomb com o vice-presidente da República, Michel Temer, o qual demonstrou simpatia na luta pela conquista. Glomb e Serraglio também participaram de encontro com outros parlamentares e representantes do Judiciário de audiência com o governador Beto Richa para tratar do assunto.

“Estou inteiramente à disposição para apoiar e lutar por essa conquista, que traria benefícios para população e para a justiça paranaense. Vamos exercer pressão política para que o governo federal dê sinal verde para o projeto, que propõe uma divisão melhor e mais justa dos tribunais federais”, disse o governador. Para Richa, é necessário estreitar as relações com a bancada federal paranaense e com os governadores dos estados que também passarão a abrigar TRFs caso o projeto seja aprovado.

Naquela oportunidade, Osmar Serraglio disse que a criação do TRF no Paraná é a garantia de cidadania aos paranaenses, aproximando o Poder Judiciário da população do Estado. “Temos lutado nesse sentido há algum tempo e agora estamos recebendo este importante apoio do governador, bem como do vice-presidente Michel Temer”, disse Serraglio.

A criação de novos Tribunais Regionais Federais em Curitiba, Manaus, Salvador e Belo Horizonte está prevista na Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 544/02. Ela foi aprovada pelo Senado em 2002 e desde então aguarda votação na Câmara Federal. O projeto foi arquivado com o argumento do governo federal de inviabilidade financeira.