terça-feira, 15 de setembro de 2009

Presidente Lula assina criação da Universidade Federal do Fronteira Sul

Deputado Osmar Serraglio relator do projeto comemora: “É uma grande vitória para a região”

Edemilson Paraná

O presidente Lula sancionou hoje o projeto de criação da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFSS). A sanção foi realizada em solenidade oficial em Brasília com a presença de deputados, senadores e os ministros Fernando Haddad, da Educação e Paulo Bernardo, do Planejamento.

A UFFS é décima primeira universidade criada no governo Lula e será composta por cinco campi nas cidades de Laranjeira do Sul e Realeza (PR), Chapecó (SC) e Cerro Largo e Erechim (RS). Os prefeitos das cidades que receberão os campi e o governador de Santa Cantarina, Luiz Henrique da Silveira também estiveram presentes na solenidade.

A criação da UFFS tem como norte a integração da região e o desenvolvimento dos municípios próximos a grande fronteira do Mercosul. Ao todo serão ofertadas 10 mil vagas para estudantes de graduação, mestrado e doutorado em mais de trinta cursos.

Em seu discurso, o ministro da educação, Fernando Haddad, comentou os números do governo: “nós fomos o governo que mais abriu universidades federais na história do país, essa é a décima primeira e ainda abriremos mais três”. O deputado federal Osmar Serraglio (PMDB-PR), relator do projeto de criação da universidade e membro da Comissão de Educação da Câmara, disse estar satisfeito com a sanção: “Essa é uma grande vitória, pois permite o desenvolvimento da região sudoeste do Estado e gera oportunidade para que mais pessoas tenham acesso á educação. Estou honrado por ter sido o relator do projeto”.