terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

"Relatores" Osmar Serraglio e Joaquim Barbosa juntos


Na segunda-feira (04) durante a abertura dos trabalhos do Congresso Nacional de 2013, duas importantes figuras para um final decente do famoso caso do Mensalão se encontraram e falaram sobre o assunto. O deputado federal Osmar Serraglio (PMDB), hoje vice-líder do Governo na Câmara, coordenador da Bancada Federal do Paraná e presidente do seu partido no Estado, Relator da CPMI que investigou o escândalo e mandou para a Justiça os mensaleiros, iniciando todo o processo e, o Presidente do STF, Ministro Joaquim Barbosa, relator do Processo na Corte Suprema e responsável pelo encaminhamento que resultou na condenação de vários dos envolvidos.
Obviamente o prato principal do encontro foi a luta contra a corrupção. Joaquim Barbosa questionou Serraglio sobre porque não escreve um livro relatando os trabalhos e episódios da CPMI dos Correios. O Ministro elogiou o Relatório do deputado, afirmando que lhe foi muito útil para o julgamento e confidenciou que foi convidado por uma respeitável editora  para escrever um livro sobre o Mensalão e está com muito material coletado, admitindo a possibilidade da publicação.