segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Serraglio presta homenagem aos taxistas na Câmara dos Deputados


O deputado federal Osmar Serraglio, usou a Tribuna da Câmara dos Deputados no dia 30 de Novembro para uma justa homenagem aos taxistas de Curitiba. O pronunciamento do parlamentar foi uma forma de enaltecer o trabalho da categoria no dia em que na capital paranaense é comemorado seu dia.

Abaixo, na integra, o discurso proferido no dia 30/11/2010
“Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, comemora-se hoje em Curitiba o Dia do Taxista, pois, por meio de lei municipal da Capital paranaense, o dia 30 de novembro foi consagrado aos taxistas.
Na condição de Parlamentar que recebeu expressivo apoio dessa prestigiada categoria, cumprimento efusivamente todos os seus integrantes, agradecendo não só o seu empenho, mas, acima de tudo, também os gestos de amizade com que se dedicaram à minha recondução a este Parlamento.
Embora seja a de taxista uma profissão quase centenária, até agora não se encontra regulamentada. Está na decisão desta Casa fazê-lo, aliás, está muito próxima essa aprovação, uma vez que a matéria já se encontra na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania para deliberação em caráter conclusivo.
Em Curitiba, estão autorizados 2.252 táxis e cerca de 5 mil motoristas, contando-se os titulares e colaboradores, segundo dados da URBS - Urbanização de Curitiba, órgão a que está afeto o serviço.
Em sua grande maioria, os taxistas curitibanos estão integrados a centrais de táxis, o que lhes permite maior eficiência e presteza no atendimento à população e os dispensa de ficar rodando à procura da clientela.
As centrais também servem de apoio profissional aos filiados, na medida em que melhor os habilitam a prestar um serviço qualificado, valendo-se de intercomunicação moderna e de facilidade na identificação dos locais pretendidos, além de lhes oferecer a proteção especial que decorre do espírito associativista.
Nossos taxistas nos orgulham por sua permanente disposição de prestar excepcional serviço, a despeito dos problemas diuturnos que os acometem, como as dificuldades do trânsito, cada vez mais congestionado e estressante, além da insegurança e da violência que têm até mesmo ceifado a vida de alguns companheiros.
Nada os esmorece: socorrem em emergências, auxiliam no transporte de objetos, ajudam crianças e idosos. São sempre a mão amiga estendida a quem lhes solicitar os préstimos.
Para os que nos visitam, são nossos mensageiros, traduzindo as características e peculiaridades da pujante Curitiba. São eles que firmam a primeira impressão sobre nossa gente e fazem conhecida nossa Capital, ao conduzir os turistas aos locais que emprestam à cidade tanto destaque, não só nacional, como também internacional.
Em troca, são privilegiados e se enriquecem com o contato com tantas pessoas, das mais diferenciadas categorias, às vezes fazendo do trabalho uma aventura, pelas histórias ouvidas, vividas e compartilhadas com os passageiros.
Sr. Presidente, Sras. e Srs. Parlamentares, desejo, por tudo isso, cumprimentar os taxistas curitibanos pelo transcurso de seu dia, augurando-lhes sucesso no exercício dessa nobre profissão.
Muito obrigado.”