segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Beto Richa garante solução da PR 323 a Osmar Serraglio


Durante audiência na manhã desta segunda-feira (13) no Palácio Iguaçu, o governador Beto Richa se mostrou sensibilizado com o recente acidente na rodovia PR-323 e garantiu ao coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso e vice-líder do Governo na Câmara, deputado Osmar Serraglio, que está solucionando os problemas da PR-323. Segundo Beto Richa a solução que demandará investimentos de mais de R$ 200 milhões vai exigir a participação da comunidade regional.

De acordo com Richa o Governo apresentará para a comunidade duas opções para a duplicação da Rodovia: A obra realizada pelo sistema tradicional pelo próprio Governo com a contratação de empresa terceirizada, o que demandaria certo tempo ou, a obra realizada em parceria público-privada, com a implantação de pedágio nos moldes daqueles cobrados nas rodovias federais, ou seja, com pedágio inferior àqueles praticados nas rodovias paranaenses. “Nós colocaremos estas opções para a comunidade regional decidir”, disse o governador.

Ainda durante a audiência na qual o deputado Osmar Serraglio cobrava providências urgentes para a rodovia, da qual participaram também o secretario de planejamento, Cassio Taniguchi, e o secretário da Casa Civil, Luiz Eduardo Sebastiani, ele foi informado sobre as diversas providências que o Governo já tomou, como a autorização do inicio das obras de duplicação do trecho entre Maringá e Pauçandu, do viaduto do trevo do Cedro (acesso a Alto Piquiri) e para as melhorias com eliminação de pontos de riscos, terceiras vias e acostamentos de Umuarama a Iporã, com investimentos superiores a R$ 40 milhões. “As licitações estão homologadas e as autorizações para as obras já foram expedidas", garantiu Taniguchi.

Segundo Serraglio, o Governo está sensível ao problema e já estão em andamento todos os estudos técnicos necessários para a duplicação. “Infelizmente é um caminho que demanda certa burocracia que não tem como ser ignorada”, destacou o deputado.