terça-feira, 30 de agosto de 2011

Grupo Gazin inaugura segunda maior fábrica de molas para colchões da América Latina


Foi inaugurada nesta sexta-feira (26), a segunda maior fábrica de molas para colchões em tamanho e produção da América Latina. Localizada em Douradina, na região Noroeste do Estado (distante 618 km de Curitiba), a fábrica de molas é a primeira do Grupo Gazin e tem por objetivo suprir a necessidade de todas as fábricas de colchões do grupo, localizadas em Candelária (RS), Feira de Santana (BA), Vilhena (RO), Douradina (PR) e em breve Jaciara (MT), que será inaugurada em outubro.

Foram investidos cerca de R$ 3 milhões no empreendimento que possui 3.750 m² e produz 108 mil molas por dia, totalizando 1200 conjuntos de molas entre pocket (ensacadas) e bonnel. “Para nós, fabricar as próprias molas representa garantir excelência em qualidade para o consumidor final, pois temos um rígido controle de qualidade em todo o processo, desde a produção do arame que gera a mola, até o colchão pronto”, afirma o gerente geral da Fábrica de Colchões, Danilo Ferreira.

O diretor presidente da Gazin, Mário Gazin, parabenizou o empenho dos colaboradores e mostrou-se entusiasmado com o crescimento da indústria de colchões que está com pedidos fechados até o final do ano. “Acredito que em breve não haverá lugar que fabrique mais colchões, espumas e molas que o noroeste do Paraná”, ressaltou, lembrando outras fábricas da região.

O vice-líder do Governo na Câmara, deputado Osmar Serraglio (PMDB), destacou o empreendedorismo do grupo Gazin, que é hoje uma das maiores empresas do segmento no Brasil. “Ela é importante para Douradina, para o Parana e para o Brasil”, disse o parlamentar, que durante o discurso destacou também o Governo Dilma Rousseff, dando ênfase ao combate à corrupção. “Sempre tive boas referências da presidenta Dilma Rousseff no trato com a coisa pública. Tudo está se confirmando no que diz respeito à sua seriedade e lisura”, disse.

Participaram ainda autoridades como o senador Sérgio Souza (PMDB), os deputados estaduais Fernando Scanavaca (PDT) e Nelson Garcia (PSDB), o prefeito de Douradina, José Carlos Pedroso (PMDB), o “Cabeção”, entre outras.