terça-feira, 29 de maio de 2012

Serraglio e Sérgio Souza se reúnem com produtores


Na última sexta-feira (25), o vice-líder do Governo na Câmara e coordenador da Bancada Federal do Paraná, deputado Osmar Serraglio e o senador Sérgio de Souza se reuniram com representantes do setor produtivo de Terra Roxa-Pr, para ouvir as reivindicações do setor.


Dentre os assuntos tratados no encontra estão a ratificação das terras da faixa de fronteira e a questão das criações de reservas indígenas.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Serraglio anuncia recursos para compras de livros na UFPR, campus de Palotina

O vice-líder do Governo na Câmara e coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso, deputado Osmar Serraglio esteve na última sexta-feira (25), em Palotina para anunciar emenda individual de sua autoria que autoriza a Universidade Federal do Paraná, Campus de Palotina a adquirir R$ 100 mil reais em livros para reestruturar a biblioteca local.

Reunido com o diretor professor Vinicius Cunha Barcelos, coordenadores e professores, Serraglio ouviu reivindicações para defender junto ao Governo e a instituição investimentos para atendimento da demanda local. Com o aumento de cursos e abertura de vagas, o campus de Palotina necessita ampliações urgentes em seu espaço físico.

Serraglio foi o responsável por transformar a extensão da UFPR de Palotina em campus de Palotina, o que permite uma maior estruturação e crescimento, atendendo um número significativo de acadêmicos

Mais R$ 700 mil para equipamentos do CISA

O deputado federal Osmar Serraglio, vice-líder do Governo na Câmara e Coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso, anunciou na sexta-feira (25), ao diretor do CISA – Consórcio Intermunicipal de Saúde, Jorge Luiz Zanetti Pereira, a priorização de emenda individual junto ao Ministério da Saúde no valor de R$ 400 mil do Orçamento Geral da União de 2012.



Somando-se a outra de R$ 300 mil, também de autoria de Serraglio do Orçamento de 2011, são R$ 700 mil que beneficiará a entidade ainda neste ano. Ambas as emendas são destinadas à aquisição e modernização dos equipamentos. “Esses recursos são muito importantes para ampliar e melhorar nossos equipamentos e assim, dar melhor atendimento à população regional”, disse o coordenador.


sexta-feira, 25 de maio de 2012

Reforma Política é tema de palestra na PUC

A Escola de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Paraná – PUC-PR, campus de Toledo, com o apoio da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB, subseção de Toledo, realiza no dia 31 de Junho de 2012 palestra com o tema “Reforma Política”. O evento é destinado aos acadêmicos de Direito, Administração de Empresas e Ciências Contábeis, além de autoridades acadêmicas e lideranças comunitárias.

A palestra será proferida pelo professor universitário, mestre em Direito do Estado pela PUC-SP e atual coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso Nacional, deputado Osmar Serraglio. Além de aspectos relevantes sobre o trâmite no Congresso, serão abordados também conceitos sobre Federação e República, Partidos Políticos, Eleições (Ficha Limpa), Voto Distrital e Processo Legislativo.

O evento acontecerá às 19h do dia 31 de Maio no Auditório Dom Anuar Batisti e valerá 2horas de atividades complementares para os acadêmicos. Maiores Informações pelo telefone (45) 3277-8629.

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Prefeito de Palmas comemora conquistas em Brasilia

De volta de Brasília, o prefeito de Palmas Hilário Andraschko, classificou como positivos, os resultados alcançados durante a semana, junto ao Governo Federal. Ele acompanhou o lançamento do programa Brasil Carinhoso, anunciado pela presidenta Dilma Roussef, assinou convênios para a construção de mais duas creches em Palmas, se encontrou com o ministro Mendes Ribeiro, da Agricultura e recebeu duas máquinas (motoniveladora e retroescavadeira), entregue por Dilma, aos municípios com menos de 50 mil habitantes.


Acompanhado do vice presidente da Frutipar, Carlos Lovo, do vice-líder do Governo e coordenador da Bancada Federal do Paraná, deputado Osmar Serraglio e representantes do legislativo de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, o prefeito de Palmas reforçou a reivindicação dos produtores de maçã junto ao ministro da Agricultura.

O prefeito salientou que o encontro foi um sucesso. Para ele, os momentos mais difíceis foram ultrapassados e que “com os incentivos propostos pelo Governo Federal, a tendência é animar os produtores e estimular outros para ingressarem na produção de maçã, uma vez que é um ramo rentável”.

Ainda de acordo com o prefeito Hilário, o próximo passo agora é tentar sensibilizar as autoridades públicas estaduais para que façam sua parte. “O setor da maçã é o que mais emprega mão de obra e gera renda”, justifica ele, reforçando que os pomares mantem cerca de 55 mil empregos diretos e 112 mil indiretos, nos três estados do Sul do País. “É um setor muito importante e precisa ser olhado com muito carinho e competência”, reforçou.

Assessoria de Imprensa da PMP.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Bancada Federal recebe reivindicações da AMP

A Bancada Federal do Paraná recebeu do presidente da AMP – Associação dos Municípios do Paraná, prefeito de Piraquara Gabriel Samaha, o Gabão, a pauta de reivindicações da 15ª Marcha dos Municípios a Brasília. A reunião realizada no plenário 6 da Câmara dos Deputados foi dirigida por Gabão e pelo coordenador da Bancada, deputado federal Osmar Serraglio, que é o vice-líder do Governo na Câmara.



Dentre as reivindicações apresentadas por prefeitos de todas as regiões do Estado estão: Pagamento da dívida de R$ 24,6 bilhões da União com os municípios referentes aos restos a pagar (R$ 1,6 bilhão, no caso do Paraná); Aprovação do projeto, já aprovado no Senado e agora em tramitação na Câmara Federal, que distribui os royalties de petróleo de maneira mais justa; Renegociação das dívidas dos municípios junto ao INSS por meio da compensação dos R$ 25 bilhões de créditos das prefeituras não compensados pelo Ministério da Previdência Social; e Impedir a criação de salários-base nacionais para categorias, evitando o surgimento de problemas financeiros enfrentados pelas prefeituras no pagamento destes benefícios, entre outras.

De acordo com Gabão, a exemplo de outras reuniões já realizadas com a bancada, os deputados e senadores do Paraná foram sensíveis às reivindicações dos municípios. “Nós ainda temos muito o que avançar na construção do pacto federativo que desejamos, porque os municípios continuam sendo o elo mais fraco desta corrente, mas tenho a convicção de que podemos contar com a bancada federal do Paraná para melhorar a condição financeira crítica enfrentada pelas nossas prefeituras, especialmente as pequenas”, comentou.

Segundo Serraglio,desde 2003 quando foi relator da Reforma Tributária na Comissão de Constituição e Justiça já chamou atenção para a fragilização do pacto federativo com o aumento cada vez maior da arrecadação federal sem uma compensação justa para os municípios. “O aumento constante da sobrecarga de responsabilidade dos municípios, municipalizando diversos serviços e compensado os mesmos com recursos”, disse Serraglio.


segunda-feira, 14 de maio de 2012

CRO/PR defende PL que está na CCJ da Câmara

O vice-líder do Governo na Câmara e coordenador da Bancada Federal do Paraná, deputado Osmar Serraglio esteve na última semana no Conselho Regional de Odontologia do Paraná – CRO/PR, em Curitiba, a convite, para discutir com a Comissão de Odontologia Hospitalar da entidade o Projeto de Lei n° 2.776 de 2008 (Apenso o PL 363, de 2011), do qual ele é relator na CCJ na Câmara dos Deputados.


O projeto já aprovado na CSSF, da Câmara, estabelece a “obrigatoriedade da presença de profissionais de odontologia na unidade de terapia intensiva e dá outras providencias”. Além de defender a importância do projeto, os profissionais presentes falaram da Lei Estadual n° 16786/2011 e da Resolução Normativa RDC7 da ANVISA, que regulamenta a obrigatoriedade da prestação de serviços do CD em ambiente hospitalar e atendimento home care.

Serraglio afirmou que estudará com carinho e procurará atuar de forma a atender aos anseios do CRO. Participaram do encontro o presidente do CRO/PR, Roberto Cavali, a presidente da Comissão de Odontologia Hospitalar do Paraná, Regina Martins Schmitt, Secretária Lilian Pasetti e membros efetivos, Karoline Tulio, Maria Augusta Ramires e Caroline Fernandes.

sábado, 12 de maio de 2012

Presidente Nacional diz que PMDB ajudou a transformar o Brasil


Num encontro regional do PMDB que reuniu lideranças de expressão nacional e oito partidos em Toledo na noite de sexta-feira (11), o presidente Nacional, senador Valdir Raupp, disse que o PMDB foi o grande responsável pela transformação do Brasil. Ele afirmou que o partido foi fundamental para que o país reduzisse a pobreza, se transformasse numa das maiores economias do mundo com geração de emprego e inclusão social. “Nós ajudamos o Governo Lula e somos o Governo Dilma”, disse, lembrando ainda da responsabilidade do seu partido na redemocratização do país.

Lideranças comemoram lançamento do pré-candidato Beto Lunitti, a prefeito de Toledo

Vice-líder do Governo na Câmara e coordenador da Bancada Federal do Paraná, o deputado Osmar Serraglio disse que com o apoio do PMDB, o presidente Lula fez uma grande transformação no ensino superior do Brasil. “Sem ter formação superior ele criou 14 universidades, dando oportunidade a milhões de filhos deste país a conquistar um diploma de curso superior. Hoje, com o FIES e o PROUNI o filho do trabalhador que antes não tinha condições, pode inclusive fazer medicina. No caso do FIES, pode quitar seu financiamento se optar por trabalhar no serviço público”, lembrou. Ele disse ainda ter orgulho em dar sustentação do Governo na presidente Dilma na Câmara.

O senador Sérgio Souza PMDB aproveitou o momento para fazer o lançamento da pré-candidatura do empresário Beto Lunitti (PMDB) a prefeito de Toledo, encabeçando uma chapa que deverá ser formalizada com o PT, PDT, PSC, PR, PSDC, PPL e PCdoB, entre outros. A junção, que tem chance de crescer, foi criada a partir da formação do Conselho de Partidos, com o PMDB, PT e PDT, aglutinando em seguida outras siglas. “Abri mão de ser candidato a prefeito e até vice para que um grande projeto de governo se estabeleça”, disse o deputado Elton Welter, do PT.

Além de Valdir Raupp, Osmar Serraglio e Sérgio Souza, participaram do evento, o secretário de relações institucionais da Vice-Presidência da República, Rocha Loures; o ex-governador Orlando Pessuti; o deputado federal Nelson Padovani (PSC); os deputados estaduais Ademir Bier (PMDB) e Elton Welter e Professor Lemos (PT); prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, ex-prefeitos, representantes de diretórios de mais de 40 municípios do Oeste paranaense.


quarta-feira, 9 de maio de 2012

Bancada do Paraná discute expansão Instituto Federal no Estado


Atendendo solicitação do reitor do Instituto Federal do Paraná – IFPR, professor Irineu Colombo, o coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso, vice-líder do Governo na Câmara, deputado Osmar Serraglio, reuniu os parlamentares paranaenses para ouvirem do reitor as necessidades para implantação das novas unidades e ampliação daquelas já em funcionamento. Segundo Colombo, são necessários R$ 82 milhões a partir de 2012 para atendimento da demanda.

Serraglio disse que os investimentos são fundamentais para o perfeito funcionamento das unidades e citou que em Umuarama a aceitação do IFPR é tão grande que existem alunos estudando até nos corredores por falta de espaço. Ele destacou que estão em construção dois novos blocos com 6 salas de aula e laboratórios para os cursos de química, artes, designer de móveis e construção civil, com aproximadamente 1.140 metros quadrados e investimentos de R$ 1,4 milhão.


“Estamos providenciando mais investimentos. Temos mais de 30 professores praticamente amontoados em uma sala sem espaço adequado para desenvolverem suas atividades. A reivindicação é de setor administrativo com salas de direção, de professores, de coordenação, biblioteca, anfiteatro com no mínimo 130 lugares, mais laboratórios, e um novo bloco pedagógico”, disse Serraglio, lembrando que a instituição é importante para toda a região e que tem uma procura muito grande. “Contribuí para o início dessa ideia e tenho um compromisso de continuar defendendo os investimentos”, afirmou.

De acordo com o diretor do campus, professor Vicente Estavam Sandeski, são necessários mais R$ 10 milhões para atender aos novos cursos e o crescimento daqueles que estão em andamento, dentre os quais, Açúcar e Álcool, Agroecologia, Agronegócio, Controle Ambiental, Desenho de Construção Civil, Design de Móveis, Informática, Orientação Comunitária, Eventos, Logística, Meio Ambiente, Reabilitação de Dependentes Químicos e Segurança do Trabalho.

Umuarama é um dos primeiros campi a entrar em funcionamento no Estado com a participação decisiva de Serraglio para sua implantação. Hoje conta com aproximadamente 1.000 alunos, distribuídos pelos 8 cursos presenciais com 15 turmas e outros 8 cursos da educação a distância, com novos cursos para serem iniciados.

terça-feira, 8 de maio de 2012

Ministro anuncia plano-safra das culturas de inverno no Paraná

Ministro Mendes Ribeiro que na semana passada recebeu Osmar Serraglio para tratar do assunto

A Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), o Sindicato e Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar) e a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) promoveram, na manhã de segunda-feira (07), em Curitiba, uma reunião de lideranças do setor agropecuário e cooperativista paranaense com o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho. O encontro foi aberto pelo governador Beto Richa e contou ainda com a presença do senador Sérgio Souza, dos deputados federais Osmar Serraglio (coordenador da Bancada Federal do Paraná), André Zacharow e Alex Canziani e dos secretários executivo e de política agrícola do Ministério da Agricultura, José Carlos Vaz e Caio da Rocha, respectivamente.

“Foi uma oportunidade construída para promover uma aproximação maior da agricultura, da agroindústria do Paraná com comando da política agrícola do Brasil. Acreditamos que precisamos fortalecer o ministério da Agricultura como instância que define as políticas, para que esteja sempre informado e atento às dificuldades, aos desafios do dia a dia do nosso agricultor, das nossas agroindústrias, das nossas cooperativas e sindicatos. Nesse aspecto, a nossa reunião foi bastante proveitosa”, afirmou o secretário de Estado da Agricultura, Norberto Ortigara, que proferiu uma palestra sobre as potencialidades e gargalos enfrentados pelo setor agropecuário paranaense.

Coordenador da Bancada Federal do Paraná, Osmar Serraglio durante lançamento do Plano-Safra.

Trigo – Na oportunidade, o secretário de política agrícola do Mapa, Caio da Rocha, anunciou as medidas de apoio à cultura do trigo. De acordo com ele, houve a elevação e unificação dos limites de financiamento para custeio em apenas uma faixa, que é de até R$ 650 mil por produtor. Serão ainda destinados R$ 60 milhões para o pagamento das subvenções do seguro agrícola. Em relação ao preço mínimo, houve um reajuste de até 5%, sendo que os novos valores deverão vigorar entre julho de 2012 e julho de 2013. Foram ainda anunciados aportes de R$ 430 milhões para apoiar a comercialização de 2,8 milhões de toneladas da safra 2012 de trigo, por meio de instrumentos como o AGF (Aquisições do Governo Federal) e PEP (Prêmio de Escoamento do Produto).

Avaliação – Para o presidente do Sistema Ocepar, João Paulo Koslovski, o anúncio da política de amparo à comercialização foi o ponto mais importante anunciado na reunião desta segunda. “O Paraná é o estado que colhe trigo mais cedo no País e, evidentemente, esse amparo no início da comercialização é importante porque nós temos uma concentração de produto e isso deteriora normalmente o preço de venda. Com a garantia de PEP ou outro instrumento, isso poderá dar uma segurada em relação ao preço praticado quando da colheita”, disse. Ele também chamou a atenção para a importância de serem tomadas providências em relação à importação de cereal, especialmente dos países do Mercosul.

“Nós precisamos de uma política de relacionamento com o Mercosul. Não é possível que o País deixe entrar trigo de outros países nas mesmas condições do cereal produzido aqui e de uma forma tão significativa em plena safra brasileira. E, neste caso precisamos do envolvimento não só do ministério da Agricultura, como também dos ministérios das Relações Exteriores, da Indústria e Comércio e da Fazenda para que a gente possa ter uma política mais consistente em relação ao trigo”, afirmou. “O Brasil produz 50% do trigo que consome. Nós precisamos de uma visão estratégica maior em relação à cultura do trigo porque ela tira do país em torno de dois bilhões de dólares em importações. Nós poderíamos estar gastando menos divisas e tendo geração de empregos dentro do nosso país ao invés de estar gerando emprego fora dele”, acrescentou o presidente da Ocepar.

Preocupação - Em entrevista coletiva, o ministro da Agricultura afirmou que o governo brasileiro está negociando uma solução para esse problema. “O Mercosul é uma questão que nos preocupa e nós temos que ter políticas diferentes porque nós somos diferentes. Tenho conversado com as autoridades argentinas para que nós possamos canalizar esse escoamento para depois que a safra brasileira acontecer. Tivemos sucesso no arroz, estamos tendo um pouco no trigo e é preciso continuar conversando nesse sentido”, disse.
Juros mais baixos – Durante a reunião com o ministro, o presidente da Ocepar apresentou ao ministro outros pleitos do setor cooperativista, como a redução dos juros. “Em 2005, a taxa Selic era de 19,12% ao mês, enquanto os juros do crédito rural eram de 8,75%; em 2007 enquanto a Selic estava em 11,85%, os juros do crédito rural estavam em 6,75% Agora, a média desse ano da Selic é de 9,5 e deve cair para 8% e nós continuamos com juros em 6,75%. Ministro, vamos brigar pela redução de pelo menos 1 ponto percentual nessa taxa?”, sugeriu ele.

Koslovski também solicitou apoio do Mapa para que setores como a avicultura e a suinocultura possam ser beneficiados com a desoneração de 20% da folha de pagamento, a exemplo do que já está ocorrendo com outros segmentos da indústria. Ele ainda entregou a Mendes Ribeiro uma proposta de criação de uma linha de financiamento de crédito operacional específico para as cooperativas, com limite de até 20% do faturamento.

Com informações da Assessoria de Imprensa da Ocepar.


FIEP lança Agenda Legislativa da Indústria 2012

A Federação das Indústrias do Paraná (Fiep) lançou na segunda-feira (7), em Curitiba, a edição 2012 da Agenda Legislativa da Indústria. A publicação traz uma coletânea dos principais projetos de lei de interesse do setor industrial do Estado que tramitam na Assembleia Legislativa, indicando o posicionamento da entidade em relação a cada um deles. Participaram do lançamento empresários, diretores da Fiep, o senador Sérgio Souza (PMDB), o vice-líder do Governo na Câmara e coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso, deputado Osmar Serraglio, entre outros deputados federais e estaduais.
 
Sebastião Júnior, Serraglio e Campagnolo, durante lançamento da Agenda Legislativa

 
Organizada pelo Departamento de Assuntos Legislativos da Fiep, a publicação chega a sua oitava edição. Em 2012, apresenta 40 projetos de lei de autoria de deputados estaduais ou do governo do Estado, que tramitam na Assembleia e são considerados prioritários para o setor industrial paranaense. “Em um ambiente democrático, é ideal que tudo seja feito às claras”, disse o presidente da Fiep, Edson Campagnolo. “Por meio da Agenda Legislativa, apresentamos de forma transparente nossas demandas aos parlamentares”, acrescentou.

Os projetos de lei que compõem a Agenda foram escolhidos entre as 1.029 proposições apresentadas pelos parlamentares no ano passado. Eles estão divididos em sete áreas distintas, todas com influência direta sobre a atuação e a competitividade do setor industrial paranaense. Entre as propostas, cinco se referem a assuntos econômicos, três a infraestrutura, 12 a meio ambiente, uma a responsabilidade social, cinco a tributos, 12 a política social e duas a questões institucionais.

Para Campagnolo, é fundamental que os parlamentares estejam cientes do impacto que as propostas podem causar no setor industrial. “Vivemos atualmente um cenário de desindustrialização no Brasil. O que mostramos é um contraponto a projetos que podem prejudicar ainda mais nossa indústria, além de apoiar propostas que consideramos positivas”, afirmou o presidente.

Junto com a descrição de cada proposta, a Agenda Legislativa mostra se a posição da Fiep é convergente ou divergente em relação ao que diz o texto. Dos 40 projetos destacados, a entidade se coloca favorável a 22, apoia com ressalvas outros quatro e discorda de 14. Todos os posicionamentos da entidade são embasados por pareceres técnicos.

O coordenador do Conselho Temático de Assuntos Legislativos da Fiep, Sebastião Ferreira Martins Júnior, explicou que o objetivo da publicação é fornecer subsídios para que os parlamentares possam analisar os projetos dentro de critérios técnicos. “A Fiep tem como uma de suas missões a defesa dos interesses da indústria. Nesse sentido, no âmbito do Legislativo temos a oportunidade de apoiar projetos que melhoram o ambiente de negócios no Estado, além do desafio de propor mudanças em projetos que interferem no setor”, afirmou.

Apesar de se referir a projetos de lei que tramitam em âmbito estadual, o deputado federal Osmar Serraglio, coordenador da bancada paranaense na Câmara dos Deputados, afirma que a Agenda Legislativa da Fiep é importante também para orientar a atividade dos parlamentares em Brasília. “Hoje tramitam pelo Congresso mais de 10 mil projetos de lei e cerca de mil medidas provisórias. Por isso, é fundamental que sejamos orientados sobre quais são as prioridades e as dificuldades enfrentadas pelo setor industrial”, afirmou.

A opinião é compartilhada pelo senador Sérgio Souza. “Ações como esta, da Agenda Legislativa, mostram os pleitos do setor e a preocupação que existe no país com o processo de desindustrialização. A publicação serve para mostrar o que podemos fazer pela nossa indústria e pelo crescimento do Brasil”, disse.

Outros parlamentares - O lançamento da Agenda Legislativa da Indústria 2012 contou ainda com as presenças dos deputados federais Alex Canziani (PTB), Rosane Ferreira (PV), André Zacharow (PMDB) e Eduardo Sciarra (DEM), além dos deputados estaduais Elio Rusch (DEM), Teruo Kato (PMDB), Fernando Scanavaca (PDT), Leonaldo Paranhos (PSC) e Luiz Eduardo Cheida (PMDB). Na sequência, a publicação será entregue a todos os deputados estaduais e também à bancada federal.

Com informações e fotos de http://www.agenciafiep.com.br/noticia.

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Dr. Osmar garante R$ 1,4 milhão para a agricultura

O Ministério da Agricultura pagou no final da última semana R$ 1.408.875,00 para aquisição de Pás Carregadeiras e Patrulha Mecanizada para cinco municípios da região. Os recursos são provenientes de emendas parlamentar do deputado Osmar Serraglio, vice-líder do Governo na Câmara e coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso, ao Orçamento Geral da União de 2011.


                 Pá carregadeira entregue em Ivaté na semana passada.

Os municípios beneficiados nesta etapa foram Umuarama – R$ 292.500,00 – aquisição de pá carregadeira; Douradina – R$ 238.875,00 – aquisição de patrulha mecanizada; Icaraíma – R$ 292.500,00 – aquisição de pá carregadeira; Iporã – R$ 292.500,00 – aquisição de pá carregadeira; e Ivaté – R$ 292.500,00 – aquisição de pá carregadeira.

No caso específico de Umuarama o equipamento ficará a disposição da Secretaria de Agricultura para atendimento aos produtores de frango do município. Todas as administrações estão com os processos licitatórios para as aquisições iniciados ou por iniciar, com exceção de Ivaté que já adquiriu e entregou o equipamento para a comunidade há poucos dias durante as comemorações do 23° aniversário.

O deputado Osmar Serraglio esteve com o ministro da Agricultura Mendes Ribeiro no inicio da Semana passada, quando apresentou reivindicações do setor produtivo do Paraná e especificamente da Ocepar – Organização das Cooperativas do Paraná, referente ao Plano-Safra 2012/2013 e pediu agilidade na liberação das emendas dos municípios paranaenses. “Temos mais pendências junto ao Governo e, aos poucos estamos conseguindo que elas sejam liberadas”, disse o deputado.

Recursos garantem conclusão de reformas em postos de saúde

A reforma de seis Unidades Básicas de Saúde (UBS) na sede e distritos de Umuarama entra na reta final. Com recursos do Ministério da Saúde, garantidos com o apoio do deputado federal Osmar Serraglio, os postos de saúde do Jardim Panorama, do Parque Industrial e do Jardim Cruzeiro (Cohapar 3), em Umuarama, e também as unidades dos distritos de Serra dos Dourados, Lovat e Santa Elisa, estão sendo revitalizados.



Os recursos do convênio para as reformas foram repassados na última semana, quando o Ministério da Saúde liberou R$ 500 mil. Com as obras, as unidades estão sendo melhoradas para o desenvolvimento do programa de saúde bucal, importante para a promoção da saúde geral, melhora da auto-estima e qualidade de vida da população nos bairros atendidos.

As reformas e ampliações previstas no projeto visam dotar as unidades de boas condições para o trabalho dos profissionais, conforto dos pacientes e também atender às exigências da vigilância em saúde. “A Secretaria Municipal de Saúde tem como meta a reorganização da atenção à saúde bucal na atuação das equipes de estratégia de saúde, garantindo o acesso da população às ações de promoção, prevenção e recuperação da saúde bucal”, justifica o projeto.

O valor total do convênio é R$ 550 mil, sendo R$ 500 mil em repasses federais e R$ 50 mil em contrapartida do município. De acordo com a Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo, estão concluídos cerca de 70% das reformas e o serviço deve ser finalizado até junho.

“Com a liberação dos recursos, as obras vão ganhar um ritmo mais acelerado e em breve teremos postos mais adequados tanto para os profissionais, quanto para a população. Além disso, entregamos novas unidades recentemente e estamos construindo outras, como a UBS do Jardim Belvedere, que também atenderá moradores do Patrimônio Umuarama, Cidade Alta, Dom Bosco e Bonfim. No total, 12 postos foram construídos, ampliados ou reformados nos últimos três anos”, resumiu o prefeito Moacir Silva.

Além disso, a Secretaria de Saúde também vem realizando aquisições, como ônibus, ambulâncias e equipamentos, ampliando o quadro de pessoal e investindo constantemente em treinamento e qualificação da equipe de profissionais.


EM DEFESA DA PRODUÇÃO DO PARANÁ

Durante a semana, o deputado federal Osmar Serraglio, vice-lider do Governo na Câmara e coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso, esteve com o Ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, com quem tratou das reivindicações da Ocepar - Organização das Cooperativas do Paraná e de todo o setor agrícola do Estado para o Plano-Safra 2012/2013

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Ivaté recebe pá carregadeira em seu 23° aniversário

Durante as comemorações do 23° aniversário do município de Ivaté, o vice-líder do Governo na Câmara e coordenador da Bancada Federal do Paraná no Congresso, deputado Osmar Serraglio, entregou ao prefeito Sidnei Delai mais uma grande conquista: Uma Pá Carregadeira marca Doosan, modelo DL 200 no valor de R$ 330 mil, dos quais R$ 292,500.00 do Ministério da Agricultura, proveniente de Emenda Parlamentar de Serraglio e, outros R$ 37.500,00 de contrapartida do município.

        Dr. Osmar fala durante comemorações do aniverswário de Ivaté.

A máquina que ficará a disposição da secretaria municipal de agricultura, terá o importante papel de contribuir para a manutenção das centenas de quilômetros de estradas municipais e também para ajuda ao micro e pequeno produtor rural. “Nós temos uma grande demanda nesse setor e esta máquina veio em uma boa hora para atendimento das nossas necessidades” disse o prefeito.

Osmar Serraglio disse que é um grande prazer contribuir para o atendimento dos anseios dos municípios, mas principalmente daqueles que contam com uma administração séria, transparente e voltada para os verdadeiros interesses da população. “Em Ivaté encontramos um grande exemplo de dedicação, seriedade e zelo pelo bem público”, disse o deputado.

Participaram também do evento, os prefeitos de Douradina José Carlos Pedroso, de Icaraima Paulo de Queiroz Souza, o chefe do núcleo regional de saúde de Umuarama Arecídio Cassiano Junior, da regional da Seab José Antonio e do Nucleo Regional professor Adalberto Carlos Rigobello, além de secretários municipais, vereadores e demais lideranças e autoridades.