segunda-feira, 23 de maio de 2011

Serraglio e Gleisi Hoffmann recebem homenagem de taxistas


Vânio Pressinatte

O vice-líder do Governo na Câmara, deputado federal Osmar Serraglio (PMDB) e a senadora Gleisi Hoffmann (PT), foram homenageados na sexta-feira (20) em Curitiba pelos taxistas das centrais de Curitiba e região metropolitana. Serraglio pela defesa de Projeto de Lei de interesse da categoria na Câmara dos Deputados e Gleisi pelo compromisso assumido de defender o mesmo projeto no Senado Federal. O vereador de Curitiba, Jairo Marcelino, também foi homenageado pelos profissionais.

No final de março os representantes das centrais de taxis foram recebidos em Brasilia pela senadora para encontro promovido por Serraglio. Na oportunidade pedirem apoio da parlamentar ao Projeto de Lei que regulamenta a profissão da categoria. Já aprovado na Câmara dos Deputados, o projeto deverá ser votado no Senado e, se aprovado, beneficiará mais de 150 mil trabalhadores do setor em todo o Brasil.

Na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), da Câmara, o deputado Osmar Serraglio apresentou três emendas atendendo pedido dos profissionais do setor: manter dois colaboradores além do permissionário, em vez de um como estava no projeto; transmissão da permissão a esposas e herdeiros no caso de falecimento do permissionário; e, proibição da penhora da licença do serviço.

De acordo com o deputado, em muitos municípios, em caso de morte do titular, a licença retorna à Prefeitura, deixando a família do falecido sem qualquer amparo. “O que desejo é garantir aos taxistas, permissionários e colaboradores e seus familiares o respeito à profissão e a garantia do trabalho”, disse Serraglio.

A Senadora Gleisi Hoffmann manifestou apoio à categoria e disse que defenderá, no Senado, o projeto da forma que foi aprovado na Câmara dos Deputados. “Apoio a causa e farei o possível para ajudar esses profissionais”, afirmou. No mesmo dia, Gleisi registrou a presença dos representantes da categoria no Plenário e, obteve de vários colegas senadores manifestações de apoio ao projeto.