terça-feira, 5 de abril de 2011

Osmar Serraglio diz que relatório da PF foi além do Congresso


Relator da CPI dos Correios, que investigou a existência do mensalão, o deputado federal Osmar Serraglio (PMDB), disse nesta segunda-feira em Curitiba que o relatório final da Polícia Federal foi além do trabalho feito pelo Congresso Nacional. Serraglio disse que a CPI chegou até a origem dos recursos, o fundo de publicidade do Banco do Brasil, a Visanet, mas a Polícia Federal identificou os destinatários.

“Eles ratificaram o que fizemos, e fizeram a parte deles. Eles tiveram a coragem de prosseguir e chegaram à outra ponta”, afirmou o deputado paranaense. Diante das conclusões da Polícia Federal, Serraglio acredita que o Supremo Tribunal Federal terá mais respaldo em futuras decisões sobre a culpabilidade dos denunciados por participação no esquema, que consistia basicamente da compra de votos no Congresso Nacional.

Uma outra frente de investigação mostrou que os recursos também poderiam ser desviados para campanhas eleitorais. “O laudo da PF mostra fatos e desmente a tese de que tudo não passou de uma orquestração para atingir o governo”, comentou o ex-relator da CPI dos Correios

Para Serraglio, ao contrário da crise provocada pelo escândalo no governo Lula, desta vez, as revelações da Polícia Federal têm efeito positivo para o governo da presidente Dilma Rousseff (PT). “O governo dela sai valorizado porque não interferiu nas investigações, foi transparente”, disse.

(http://www.oestadodoparana.com.br/politica/noticias/10118/?noticia=osmar-serraglio-diz-que-relatorio-da-pf-foi-alem-do-congresso)