segunda-feira, 27 de maio de 2013

Registradores Civis buscam modernidade e eficiência nos cartórios



Realizado em Foz do Iguaçú (PR), nos dias 23 e 24 de Maio o Congresso Nacional dos Registradores Civis de 2013 (Conarc 2013), com o tema, o Registro Civil Caminhando no Futuro, realizado pela ARPEN BRASIL – Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Brasil e pelo IRPEN – Instituto de Registro Civil de Pessoas Naturais do Paraná, reuniu registradores civis de todo o país com o objetivo de oportunizar o aprimoramento para a prática de seus serviços visando a modernidade, a otimização de procedimentos em prol da celeridade na obtenção dos resultados. “O objetivo é uma nova visão, um cartório mais dinâmico, afeito às inovações tecnológicas, rápido, eficiente e eficaz”, disse o Ricardo Augusto Leão, presidente do Arpen e Irpen.

Ainda segundo Leão, não basta que o cartório seja eficiente interna corporis. “há de ser também eficaz para a sociedade em geral, há que ser ter a consciência de que o cartório é um servidor da sociedade, de nada adianta que cubramos a luz, a candeia, de nossa capacidade debaixo da vasilha, ou dentro do cartório. Se faz premente que alastremos as luzes de nossa capacidade laboral para que toda a sociedade se beneficie dela”, disse.

O deputado federal e vice-líder do Governo na Câmara, Osmar Serraglio participou como convidado para a palestra magna inaugural do evento na quinta-feira (23). Ele falou das recentes mudanças ocorridas no setor, especialmente sobre aquelas resultantes das decisões do STF – Supremo Tribunal Federal no tocante às relações homoafetivas, que, regulamentadas por grande parte dos Tribunais de Justiça nos Estados, resultam em mudança de comportamento nos cartórios, entre outros.