segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Dr. Osmar reafirma os compromissos com a UEM


O deputado federal Dr. Osmar Serraglio reforçou na última sexta-feira (15), no campus de Umuarama da Universidade Estadual de Maringá (UEM), seus compromissos de continuar defendendo a instituição e viabilizando recursos para sua expansão e fortalecimento na região. Ao receber da diretoria do campus, chefes de departamentos e professores um documento contendo as necessidades de investimentos para os próximos anos, Dr. Osmar garantiu que viabilizará já para 2011, R$ 2 milhões no Orçamento Geral da União.

No próximo ano a UEM iniciará em Umuarama três novos cursos de engenharia: Engenharia de Alimentos, Engenharia Civil e Engenharia Ambiental, que somando aos já em funcionamento (Agronomia, Medicina Veterinária, Tecnologia de Alimentos, Tecnologia da Construção Civil e Tecnologia em Meio Ambiente), passa a contar com oito (08) cursos. Os novos cursos já são frutos da parceria entre o deputado Osmar Serraglio e a UEM e estão sendo implantados graças aos compromissos assumidos entre o parlamentar e a instituição. Esses recursos ajudarão a concretizar o funcionamento dos mesmos.

“Para mantermos as conquistas da UEM em Umuarama e auxiliar na sua expansão, continuaremos sendo o parceiro que fomos desde o início, porém, com recursos mais expressivos para fazer jus à importância da instituição para nossa cidade e nossa região”, afirmou o deputado. Ele ressaltou ainda as boas perspectivas que os cursos oferecidos pela UEM representam. “Nós estamos formando mão de obra especializada e isso contribuirá para a atração de investimentos e geração de emprego, fortalecendo a nossa economia”.

Também na sexta-feira, o Ministro Paulo Bernardo atendeu a um antigo pleito do deputado Osmar Serraglio: assinou em favor do Estado do Paraná, a cessão do imóvel onde está localizado o campus de Ciências Agrárias da UEM o IAPAR (instituto Agronômico do Paraná) e Colégio Estadual Agrícola de Umuarama. A medida permitirá a legalização da área para as instituições e com isso será possível investimentos no local.

Paulo Bernardo disse que com a transferência todos saem ganhando. “Ganha o município, ganha a região e ganha toda a comunidade”. Ele destacou o empenho do deputado Osmar Serraglio para a regularização da área. “Dei a minha palavra ao Serraglio que resolveria em breve este assunto. Eu não conseguiria vir a Umuarama sem cumprir este compromisso. O Serraglio iria brigar comigo”, disse o ministro em tom de cordialidade.

A área foi doada na década de 90 pelo município de Umuarama à União para a instalação do Colégio Agrotécnico Federal que não chegou a entrar em funcionamento e ficou abandonada por aproximadamente 10 anos.