sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Comissao de Umuarama vai ao DNIT defender traçado da Boiadeira


Vânio Pressinatte

Uma comissão de Umuarama formada pelo deputado Federal Osmar Serraglio, prefeito Moacir Silva, deputados estaduais Fernando Scanavaca e Nelson Garcia e representantes da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Umuarama (ACIU), Sindicato do Comércio, Sindicato dos Empregados no Comércio, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Sindicato Rural, Sociedade Rural e UEM, vai à Curitiba nos próximos dias para discutir com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), órgão do Ministério do Transporte, uma opção que seja mais adequada para o traçado da Estrada Boiadeira (BR 487) no trecho compreendido entre Cruzeiro do Oeste e Icaraíma (Porto Camargo).

A decisão foi tomada durante uma reunião organizada por Osmar Serraglio na manhã desta sexta-feira (18), na sede da ACIU para discutir com representantes de diversas instituições da cidade um traçado que seja econômica e ecologicamente mais viáveis, oferecendo custos menores e evitando o comprometimento do abastecimento de água da cidade nos próximos anos, uma vez que o traçado original, elaborado há meio século, corta a Área de Preservação Ambiental e prejudicaria a captação de água para Umuarama.

De acordo com Serraglio, a mudança do traçado no trecho mencionado em nada implicará nos demais trechos entre Cruzeiro do Oeste e Campo Mourão. No total a Boiadeira é dividida em 5 lotes, ou seja, 3 lotes entre Campo Mourão e Cruzeiro do Oeste, dos quais, 1 está concluído e outros dois em andamento. Os lotes entre Cruzeiro do Oeste em Icaraíma estão em fase de conclusão de projetos. “Os trechos já licitados e que estão em andamento continuarão da forma que está. O que queremos é sermos ouvidos nesta fase de projetos. Umuarama não quer ser alijada da Estrada Boiadeira”, disse o deputado.

A alternativa defendida por Osmar Serraglio e Moacir Silva tem a opção do Contorno Norte de Umuarama, que passaria entre a Área de Preservação Ambiental e a cidade de Umuarama, tirando inclusive o tráfego de caminhões do Bairro Alto São Francisco. A proposta, que foi apresentada pelo professor e engenheiro civil Olindo Savi, contou também com o apoio dos demais presentes.

Participaram ainda do encontro Arecidio Cassiano Junior representando o deputado estadual Nelson Garcia, e representantes das seguintes instituições e entidades: Conselho de Pastores, Exata Consultoria, Lojas Maçônicas, Lions Club, Diocese de Umuarama e TV Amizade